sábado, 7 de fevereiro de 2009

S a U d A d E s......

"Oh, pedaço de mim
Oh, metade adorada de mim
Lava os olhos meus
Que a saudade é o pior castigo"
....Saudade é uma das palavras mais presentes na poesia de amor da língua portuguesa e também na música popular, "saudade", só conhecida em galego-português, descreve a mistura dos sentimentos de perda, distância e amor. A palavra vem do latim "solitas, solitatis" (solidão), na forma arcaica de "soedade, soidade e suidade" e sob influência de "saúde" e "saudar".
Diz a lenda que foi cunhada na época dos
Descobrimentos e no Brasil colônia esteve muito presente para definir a solidão dos portugueses numa terra estranha, longe de entes queridos. Define, pois, a melancolia causada pela lembrança; a mágoa que se sente pela ausência ou desaparecimento de pessoas, coisas, estados ou ações. Provém do latim "solitáte", solidão.
Uma visão mais especifista aponta que o termo saudade advém de solitude e saudar, onde quem sofre é o que fica à esperar o retorno de quem partiu, e não o indivíduo que se foi, o qual nutriria nostalgia. A gênese do vocábulo está directamente ligada à tradição marítima lusitana....




Saudades e o que estou sentindo de PAINHO, MAINHA, RAMON E LUCAS! AMO VOCÊS...

Flávia

Um comentário:

Daniela Valadares Figueiró disse...

Oi Flávia muito bonito!
E vc não vai acreditar, esses dias estava justamente pensando em escrever sobre saudade!
Acho lindo isso de saber que só na língua portuguesa existe essa palavra! Sinal de que ela é mesmo especial e só quem sente ou já sentiu e que pode tentar explicá-la.
Beijos
Dani